Santarém

Pará

A Master em Santarém

Traçando novos rumos no mercado em 2014, já consolidados no mercado e prontos para expandir nossas atividades, estendemos as operações para o Porto de Santarém, no Pará. Um porto fluvial com estrutura capaz de operar mais de 1 milhão de granéis sólidos como fertilizantes de origem mineral simples. Acessos Rodoviários: pela BR-230 (Transamazônica) e BR-163 (Cuiabá-Santarém) até o porto, na área urbana, pela Avenida Cuiabá. Acesso fluvio-marítimo: a partir da barra do rio Pará ou barra Norte do rio Amazonas e através deste até a foz do rio Tapajós.

O Porto de Santarém

em números

Pier 100 – Dois berços de atracação 101 e 102 com 200m e 185m de extensão, respectivamente, preparados para receber navios de até 30.000 TPB.

Dolfins de atracação 200 – Berço 201 com 185,6m de extensão, preparado com defensas para receber embarcações de até 55.000 TPB, destinado a realizar operações com granel sólido.

Cais Fluvial 300 – Situado na área interna do píer 100, possui um berço de atracação 301 preparado para receber embarcações fluviais mista de passageiros e cargas gerais.

Operação Portuária

em Santarém
Píer projetado para sobrecarga de

3,0 t/m²

Estrutura para receber navios de até

30.000 TPB

No ano de 2016 foram movimentadas

274.251,160 tons

↑ 61%

crescimento em relação a 2015

Armazenagem

em Santarém

Pátios Alfandegados pavimentados com
concreto armado.

4.250m²

de área preparada para
armazenagem.

Área de retroporto preparada para receber a implantação de projetos para o escoamento da produção de grãos do centro-oeste.


Dois armazéns com fechamento lateral,
medindo 60,0m x 25,0m cada um.

3.000m²

de área total de armazém.